quarta-feira, 5 de março de 2008

PereguinAÇÃO

..............Só há fama na cama da moça,

que escreve rápido nos teclados

s.l.ç.n.o nostalgia.

.o.u.a.d

.........................................................................

.......................................- Na cama dela também há pecados,

..............................................mas isso não tem nada a ver -

.........................................................................

Ela jura pela letra de Ana:

..............Irá dissolver-se em toda a água

............................................o..m

.........................................d.........u

..........................................o.......n

..............................................d

..............Jura também por Caio e Paulo.

....................................................................

........................Conta cheia de pose:

....................“Pessoas de todas as partes:

....................vocês terão que me engolir.”

4 espinhos:

Luis Eustáquio Soares disse...

de pereguin ação a perequin ação, na cama que ama, te engolimos, e uso esse plural majestático como hipócrita eufemismo, ou diria melhor covarde eufemismo, me escondendo no nós ou no nós de nós, evitando o eu te engulo, na cama que ama, os cinco espinhos, nos cinco sentidos, sentindo.
b e obrigado pela visita, e pela oportunidade de lê-la, seu belo poema.

Suzana Mafra disse...

Convite:
postei no blog uma crônica dedicada à Regina Carvalho. Daí ela fez um haicai pra mim e postou no blog dela. Vale a pena ler os textos e acompanhar os comentários pra lá de humorados.

Abraços!

Suzana Mafra disse...

Convite:
postei no blog uma crônica dedicada à Regina Carvalho. Daí ela fez um haicai pra mim e postou no blog dela. Vale a pena ler os textos e acompanhar os comentários pra lá de humorados.

Abraços!

Caito disse...

vc é foda!